Produtos

Frutíferas

ACEROLA - CEREJA DAS ANTILHAS - Malpighia glabra

Clique na imagem
para ampliar

Cereja-das-antilhas, Cereja-de-barbados ou acerola, como é mais conhecida no Brasil, apresentando uma certa semelhança com a cereja européia. O fruto apresenta cor vermelha forte quando maduro, variando entre os tons alaranjados e o púrpura, com um perfume semelhante ao da maça, com sabor ácido, polpa macia e cheia de suco. A acerola é uma planta nativa das Antilhas, América Central e do norte da América do Sul. Porte arbustivo, podendo atingir até 3 m. de altura, com tronco se ramificando desde a base. Propaga-se por semente, estaquia e enxertia.

Usos: O interesse pela acerola e os estudos sobre suas potencialidades econômicas, no entanto, só foram despertadas à partir dos anos 40, quando descobriu-se na porção comestível da fruta altos teores de ácido ascórbico, ou seja, vitamina C. Sendo assim, o consumo de acerola é indicado para o combate de várias doenças humanas, como a gripe e afecções pulmonares, controle de hemorragias nasais e gengivais, auxilia no tratamento de doenças do fígado, além de evitar a perda de apetite e dores musculares.

Cultivo: Por ser uma planta rústica e resistente, a acerola se propaga com facilidade em toda parte do mundo. Prefere regiões mais quentes, com temperaturas em torno de 25 à 27° C. Desenvolve-se em qualquer tipo de solo contendo fertilidade mediana.

Nativa: Caribe

Família: Malpighiaceae

Disponibilidade: Sementes - Envelope com 10 sementes R$ 9,99

Mais informações:

Planta Mundo © 2011